Santander

Santander tenta violar privacidade de funcionários

Banco tem solicitado ao Google e a outras plataformas digitais quebra de dados pessoais de empregados que reivindicam pagamento de horas extras; Justiça discorda e mantém sigilo, garantido pela Constituição

VIdeo Relacionado

Galeria de imagens