Zona da Mata e Região tem 59 agências sem atendimento neste 22º dia de greve da categoria

Nesta terça-feira (27), as cidades da Zona da Mata e Região tiveram 59 agências sem atendimento. “Estamos na expectativa de uma nova proposta. O mais difícil não é entrar em uma greve, mas sair. Devemos ter tranquilidade, não dar ouvidos a rumores, ruídos de comunicação ou notícias falsas que são comuns nesse tempo. Vale lembrar que o reforço ao movimento grevista é sempre bem vindo, principalmente daqueles que não aderiram a paralisação”, destacou a diretora de bancos públicos do Sintraf JF e empregada a CEF, Lívia Terra, e conclui que a greve só acaba com a decisão dos bancários e bancárias presentes em assembleia; antes de qualquer decisão da categoria, em assembleia, a greve continua. Legítima.

As agências da região também estiveram inativas durante este 22º dia de movimento paredista. Além das agências do Bradesco e Santander de Cruzília (MG), as agências de bancos públicos das cidades de Bicas, Bom Jardim de Minas, Coronel Pacheco, Rio Preto, Matias Barbosa, São João Nepomuceno, Lima Duarte, Liberdade, Mercês, Andrelândia, Guaxupé e Muzambinho, continuam sem atendimento.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram