Itaú aumenta lucro, demite e prevê mais desemprego em 2016

O banco Itaú teve um lucro líquido de 5,9 bilhões de reais de julho a setembro de 2015, um crescimento de 10% ante os mesmos meses de 2014. E na contramão dos lucros exorbitantes continua demitido, explorando os poucos funcionários e ameaçando diariamente seu quadro para o cumprimento de metas cada vez mais inatingíveis.

O conturbado atendimento dispensado aos clientes em Feira de Santana tende a piorar, pois, mesmo com a visível falta de funcionários para dar conta da demanda, o banco acaba de demitir mais dois funcionários.

O mercado de trabalho deve ficar ainda mais concorrido no ano que vem, com o aumento de demissões, segundo o Itaú. A previsão do banco é de que a taxa média de desemprego fique em 9,5% em 2016, contra 7% em 2015.

“É um absurdo!!! Nos últimos 3 meses, o banco que se diz: 'Feito pra você' teve um lucro líquido de 5,9 bilhões de reais. Mesmo assim, é um dos que mais promove redução de postos de trabalho e aumenta o percentual de desemprego no país. Piorando, ainda mais o atendimento e sobrecarregando os bancários que ali laboram”, desabafa Marcos Campelo, diretor do Sindicato e funcionário do Itaú.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram