Feira de Santana: Bancários se mobilizam em defesa dos bancos públicos

Aconteceu nesta quinta-feira (6) um dia de protestos por todo o Brasil contra as ameaças do governo eleito que quer fragilizar o lado social dos bancos públicos e vender os ativos das empresas. Em Feira de Santana (BA) os protestos aconteceram nas principais agências dos bancos públicos da cidade (Brasil, Nordeste e Caixa).

Denunciando a redução de funcionários, retirada de funções e o péssimo atendimento devido ao número reduzido de funcionários para atender a grande demanda, os dirigentes percorreram os setores das agências alertando os trabalhadores para os riscos que correm as instituições e preparando-os para a necessidade da participação de todos, funcionários e clientes, na defesa dos bancos.

Na oportunidade foi distribuído um jornal aos funcionários e clientes, esclarecendo os lucros e o papel que esses bancos sempre desempenharam nas áreas sociais e de desenvolvimento do país. Os sindicatos da categoria seguindo orientação do Comando Nacional dos Bancários, chamaram atenção da sociedade com os atos no Dia Nacional em Defesa dos Bancos Públicos.

O ataque e o desmonte dos bancos públicos atingem principalmente os clientes com pouca renda e em pequenas cidades e comunidades onde a rede privada nunca se interessou em investir. Há a ameaça clara da extinção de programas sociais essenciais para a população, principalmente a mais carente. A intenção é encerrar programas como o Bolsa Família; o Minha Casa, Minha Vida; Fies; ProUni, além da concessão de crédito para a agricultura em especial a familiar.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram