Empresários do futebol brasileiro têm contas secretas no HSBC na Suíça

Apuração feita a conta-gotas pelo UOL e O Globo revela novos envolvidos

Nomes de empresários brasileiros de futebol apareceram na lista de contas do HSBC na Suíça. Homens conhecidos, que trabalham com jogadores mundialmente famosos e já fizeram negócios com a CBF.

Os nomes que vieram à tona na apuração feita a conta-gotas pelo UOL e O Globo foram dos agentes Eduardo Uram, Reinaldo Pitta e Richard Alda – listados pela Fifa como aptos a gerenciar carreiras de jogadores no Brasil – e dos empresários Renato Tiraboschi e Octavio Koeler, que já foram sócios do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Uram agencia a carreira de atletas como o lateral direito Léo Moura, que jogou no Flamengo e hoje atua nos Estados Unidos. É um dos nomes mais influentes do futebol carioca. Pitta foi o primeiro empresário de Ronaldo Nazário. Atualmente representa o goleiro Paulo Victor, do Flamengo, e o atacante Emerson Sheik, do Corinthians. Alda cuidou da carreira do lateral esquerdo Marcelo, do Real Madrid e ainda agencia o volante Arouca, do Palmeiras.

Tiraboschi e Koeler já representaram a CBF, intermediando contratos e fazendo câmbio.

Procurados pelas reportagens do O Globo e UOL, os empresários negaram ter mantido conta na Suíça.

Com informações do O Globo.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram