BB: Sindicato discute problemas das agências com o banco

O sindicato dos Bancários de Feira de Santana (BA) se reuniu com a Gerência de Administração do Banco do Brasil para tratar dos problemas (sobrecarga de trabalho, redução de pessoal, adoecimento) que os funcionários do banco vêm enfrentando. Tais problemas, somados ao fechamento de unidades afetam também os clientes, que precisam se deslocar por longas distâncias até encontrar uma agência e, quando encontram, têm que enfrentar intermináveis e demoradas filas para serem atendidos.

Os problemas se intensificaram após o fechamento da agência JJ em Feira de Santana, as explosões de agências em outras cidades do interior e também pela redução de funcionários, em especial de caixas, na cidade.

Após ouvir as reivindicações e denúncias do sindicato, o gerente regional disse ter ido à Feira de Santana para acompanhar os acontecimentos e resolver as dificuldades de atendimento enfrentadas pelo banco. Disse ainda que já existe um projeto, que se iniciará em breve, para otimizar o atendimento, sanando de vez os problemas.

O Sindicato alertou para o grande número de adoecimento de bancários na cidade e pediu para que o banco considerasse esse fator no momento de promover as mudanças prometidas. “Esperamos que os problemas sejam realmente resolvidos, sendo ofertadas condições para que os trabalhadores consigam atender a população com mais qualidade” disse a presidenta do Sindicato, Sandra Freitas.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram