SintrafF JF faz ato para marcar mais um dia de negociação

No dia em que é realizada a oitava rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários a Fenaban, o Sintraf JF percorreu diversas agências e ruas do centro da cidade alertando os bancários e a população sobre os ataques que os trabalhadores estão sofrendo.

As falas contextualizaram o cenário de retirada de direitos e dificuldade nas negociações que a categoria vem enfrentando na primeira campanha após a aprovação da Reforma Trabalhista. Os dirigentes também lembraram que pela primeira vez os bancos se recusaram a assinar o pré-acordo, que visa garantir a prevalência dos direitos previstos na CCT dos bancários. Além disso, denunciaram que, até o momento, a Fenaban não apresentou nenhuma proposta decente para o Comando, apenas a de cobrir a inflação do período para os salários e demais verbas indenizatórias.

De acordo com o movimento sindical e balanço dos resultados do semestre divulgados recentemente no site da Contraf-CUT, os bancos só aumentaram a lucratividade no período, o que não justifica a negativa em apresentar uma proposta de qualidade aos bancários e debater as demais pautas da campanha, como saúde e condições de trabalho. Outro dado denunciado pelo movimento é a exploração dos clientes com juros, tarifas exorbitantes e a queda na qualidade do atendimento, com as inúmeras demissões que resultaram em longas filas.

Durante o ato, os dirigentes sindicais entregaram à população o Jornal dos Bancários Especial do Cliente, publicação da Contraf-CUT destinada à alertar a população sobre a situação do setor financeiro.

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram