Sindicato e Apcef do Piauí se reúnem com superintende Regional da Caixa

Sempre em busca do bom diálogo em benefício dos empregados, diretores do Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) se reuniram com o novo superintendente regional da Caixa no Piauí, Jonathan Valença, na sexta-feira (29/03), na sede da Superintendência da Caixa no Piauí. Participaram da reunião os diretores do SEEB-PI Arimatea Passos (presidente) Odaly Medeiros (vice-presidente), Glória Araújo (presidente da Apcef Piauí), Francisca de Assis (membro da Fenae), e Fábio Neiva (diretor da Regional de Picos), e o Rycard Furtado (gerente administrativo da Caixa).

O presidente do SEEBF-PI, Arimatea Passos, ressaltou que o sindicato sempre busca o diálogo para o bem do empregado. “Sempre que é nomeado um novo superintendente de banco aqui no Piauí, a gente faz uma reunião para dizer que o sindicato está aqui para harmonizar as situações vividas pelos funcionários dentro das agências. Ouvir quais são as expectativas e desejar boa sorte, que a gente sempre possa ter esse bom relacionamento e podermos contar com ele nas adversidades que os funcionários venham a passar”, afirmou.

O novo superintendente, Janathan Valença, comentou que é importante buscar os temas convergentes, sempre focados no bom relacionamento. “Temos muitas agendas que são convergentes. Precisamos buscar nosso diálogo para que essas agendas sejam feitas de maneira eficaz, abrindo canais de comunicação. Foi muito boa a reunião para que a gente tenha esse canal, se comunicar com os nossos empregados através do sindicato, que são os representantes de fato dos nossos empregados. Também sou empregado da Caixa e me sinto representado. A ideia é que a gente esteja próximo. Foi uma visita importantíssima e o principal legado é abrir o canal do diálogo”, afirmou.

O vice-presidente do SEEBF-PI, Odaly Medeiros, também avaliou positivamente a reunião, destacando a importância do bom relacionamento. “Gostei da forma como foi conduzido o diálogo, muito transparente, claro. A presença do sindicato na Superintendência sempre foi muito constante. Quando tem os problemas que envolvem os empregados, a gente ouve os dois lados e busca equacionar administrativamente. Acredito que vamos fazer um grande trabalho. É logico que há momentos em que vamos ficar de um lado e ele de outro, isso é natural. Mas temos a certeza de que vamos manter um bom relacionamento”, disse.

A presidente da Apcef Piauí, Glória Araújo, ressaltou a importância da interação da Superintendência com as entidades representativas dos empregados. “Todas as entidades envolvidas, principalmente representantes dos empregados, ele tem que estar aberto para que gente possa manter sempre um diálogo bom, de forma transparente, tranquila. Tanto as entidades, como a Superintendência, um depende do outro e tem que ter essa interação e prática de boa vizinhança”, afirmou.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram