Sindicato dos Bancários do Piauí comemora 65 anos de lutas e conquistas

Uma jornada caminhada e construída por muitas pessoas, assim tem sido a história do Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) ao longo dos seus 65 anos de existência completados no último dia 17 de março. Em comemoração, a diretoria e a categoria celebraram juntos com festa realizada no último sábado (23), na AABB de Teresina, reforçando a unidade e sempre apontando para as lutas que se apresentam.

O presidente do sindicato, Arimatea Passos, ressaltou a jornada de lutas do sindicato, a força das mulheres e a importância de olhar para a sociedade de modo igualitário. “É muito importante estar nessa jornada construindo diariamente um sindicato de luta. Uma jornada que significa luta por direitos. Nesse momento em que a política é de retirada de direitos, momento político tão difícil para o movimento sindical é importante que todos se unam e participem dessas lutas. O movimento sindical é um recorte da sociedade em toda sua diversidade de gêneros, raça e credo. É uma jornada que busca a igualdade entre homens e mulheres, de dignidade e reconhecimento da classe trabalhadora. Por isso, é importante que todos se olhem e se respeitem e assim trabalhamos”, afirmou Arimatea.

Bastante prestigiada, a festa contou a participação de bancários da ativa, aposentados e ex-bancários, com o deputado Assis Carvalho (PT). “São 65 anos de história sempre unida às pautas da classe trabalhadora. Nesse momento em que passamos por grandes dificuldades no país, de ataques aos bancos públicos, volta do fantasma da privatização, quando se tenta tirar o direito à aposentadoria estamos aqui juntos. Vamos lutar e resistir contra o desmonte do setor público. Este sindicato é um exemplo”, disse Assis Carvalho.

O vice-presidente do sindicato, Odaly Medeiros, também destacou a luta e o reconhecimento do sindicato. “Esse trabalho haverá de continuar e que tenhamos sucesso. Esse sucesso não é apenas pelos anos que se passam, mas pelas conquistas a cada ano e a cada momento. Temos o momento de ir para as ruas lutar e também os de confraternização, como hoje, em que juntamos bancários e bancárias do Estado em comemoração a nossa entidade” afirmou Odaly.

Já o diretor Antônio Machado ressaltou as lutas e conquistas que são frutos da força da união. “É uma das categorias que consegue uma mobilização fantástica de seus associados através do sindicato. Faz movimentos de luta históricos e com muitos ganhos. Fazemos acordos nacionais que poucas categorias no Brasil conseguem. Isso por conta de mobilização e união. O sindicato são os associados e momentos como esse fortalecem ainda mais nossa união e renovam nossas energias para muitos outros anos de lutas e conquistas”, disse Machado.

O diretor do SEEBF-PI, Marcus Vinícius, também destacou a união como a força da categoria. “Comemorar 65 anos de um sindicato forte, com muitas conquistas ao longo do tempo e num momento em que, mais do nunca, é necessário fortalecer a unidade e o movimento sindical como um todo. Um sindicato com coragem e em sintonia com as lutas do presente. Com o sentimento de proximidade aos associados e associadas. Estamos todos de parabéns”, afirmou.

O diretor de Cultura, Carlos Arias Camarão, frisou a história vitoriosa do sindicato desde se seu início. “São 65 anos de muita luta que começou como Associação do Banco do Brasil e depois passou a ser sindicato. São muitas lutas e conquistas para a categoria. Fazemos essa união entre todos os bancos, buscando cada vez mais essa sintonia com o associado que nos dá garra para lutar por essa categoria”, afirmou.

Gilberto Soares, diretor Administrativo, comentou sobre comemorar essa bonita história. “Hoje é um dia de festa, comemorar o aniversário de um sindicato de luta em prol da categoria, que sempre se põe forte e atuante, combativo, que tem dado todo apoio à categoria nesses 65 anos. Um dos sindicatos mais organizados do país e aqui estamos recebendo nossa categoria nesse momento tão importante”.

Já o diretor de Aposentados do SEEBF-PI, Francisco Reis, parabenizou a história do SEEBF-PI. “Quando passei a me envolver como diretor, passei a entender o verdadeiro papel de um sindicato. O Sindicato faz um grande trabalho de mobilização, organização, integração e socialização de informações. E assim vai sendo construída a história do sindicato, com luta no dia a dia. Todos os direitos e garantias que alcançamos é fruto de luta do sindicato em prol da categoria”, afirmou.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram