SEEBF-PI participa de reunião no 1ª BPM-PI sobre integração na segurança pública

O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) participou, a convite, de reunião no Comando do 1º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, na sexta-feira (25/01), no Centro de Teresina. Em pauta a integração do sistema de segurança pública com todos os órgãos responsáveis, sociedade em geral e grupo empresarial que fazem parte da jurisdição do Batalhão, com o objetivo de melhorar a sensação de segurança da sociedade e garantia de integridade de seu patrimônio.

Participaram da reunião dos diretores do SEEBF-PI Arimatea Passos (presidente), Gece James, Edvaldo Cunha e João Mariano; o vereador Dudu (representando a Câmara de Teresina), além dos batalhões operacionais da capital, dentre eles a Delegacia Metropolitana, segurança do Palácio de Karnak, Guarda Municipal, STRANS, BPRE, Cptran, Força Tática, Comando da Polícia Civil, Greco, entre outros.

Na reunião o presidente do SEEBF-PI, Arimatea Passos, abordou sobre a Lei de Segurança Bancária e ressaltou a importância da reunião. “Eu parabenizo o Comando do 1º BPM pela reunião com os vários representantes da segurança pública, Câmara Municipal e Sindicato. Muito importante porque a gente tem uma Lei de Segurança Bancária que obriga os bancos a criarem um link, não dentro, mas na fora das agências, para que a polícia além e estar na rua possa fazer o monitoramento. Vamos ter uma reunião da Comissão de Segurança Bancária e vamos elencar várias sugestões, além de comunicar também aos bancos para que eles possam estudar e tentar aplicar. A segurança é uma questão urgente em todo o país e fundamental que isso vá para frente para se concretizar e melhorar a questão da segurança”.

Trabalho Integrado

O Tenente Coronel Lacerda assumiu o comando do 1º BPM no dia 14 de janeiro e já trabalha no sentido da integração. “Sabemos que para fazer um trabalho bem feito é preciso a união de forças. A intenção é ouvir os problemas de cada pasta e fazer um planejamento estratégico em conjunto e operacionalizar da melhor forma possível. Vamos de forma integrada dá uma melhor resposta na questão da segurança, principalmente na área do 1º BPM. Eu destaco o interesse de todos os participantes em unir forças e do cadastro social que pretendemos fazer com os moradores de rua. Também temos essa preocupação, trabalhar o lado social”, afirmou o comandante Lacerda.    

O gerente de polícia metropolitana da Polícia Civil, Sebastião Alencar, também destacou importância da integração. “Essa reunião foi fundamental no sentido da integração entre todas as forças de segurança do Estado no sentido de fazer um trabalho preventivo e repressivo de combate à criminalidade nessa região do Centro. Destaco dessa reunião a possibilidade imediata de operações conjuntas que certamente trarão resultados e uma sensação de segurança para a sociedade”, disse Sebastião.

O comandante Monteiro, da Guarda Municipal, também comentou a importância da integração que já está sendo feita entre a GM e PM. “Com esse trabalho de integração podemos fazer um trabalho de inteligência. A Guarda Municipal faz um trabalho já integrado com a Polícia Militar. Quando você integra as forças, elas melhoram e só quem ganha é a sociedade”, afirmou.

O vereador Dudu (PT) esteve representando a Câmara Municipal de Teresina e elogiou a reunião, destacando a importância dada ao lado social. “Fiquei bastante satisfeito pela inciativa de chamar a sociedade como um todo para discutir os problemas da segurança juntos, isso mostra uma polícia com olhar social, integrando as forças de segurança junto com a sociedade civil em se pensar juntos e encontrar soluções juntos. É integrando a sociedade aos aparelhos de segurança que a gente vai alcançar soluções”, disse.

 

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram