Hoje tem negociação sobre igualdade de oportunidades

Bancos ficaram de apresentar cronograma de elaboração e execução do 3º Censo da Diversidade e responder sobre possibilidade da criação de um canal de atendimento às bancárias vítimas de violência

O Comando Nacional dos Bancários se reúne, nesta quarta-feira à tarde (10), em São Paulo, com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na mesa de negociações de Igualdade de Oportunidades.

Na reunião passada, ocorrida no dia 12 de março, ficou acertado que os bancos trariam para este encontro um cronograma de trabalho para a elaboração e execução do 3º Censo da Diversidade, que será mais abrangente para, além de permitir que o levantamento de dados se torne uma ferramenta de formação e de mudança da cultura discriminatória, que ainda persiste no sistema financeiro e na sociedade brasileira.

Na ocasião, a presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, que também é coordenadora do Comando Nacional, disse que a mudança do caráter do Censo permitirá a capacitação da categoria e possibilitará que cada bancário se torne agente da diversidade, do respeito e da igualdade em toda a sociedade, inclusive nos locais de trabalho.

Os bancos também ficaram de responder nesta reunião sobre a proposta de criação de um canal de atendimento às bancárias vítimas de violência, seja ela doméstica, ou em outros ambientes sociais, inclusive no trabalho.

Leia também:
     > Aumenta percepção do preconceito no Brasil
     > Censo da Diversidade Bancária terá novo caráter
     > Bancos privados discriminam mulheres com mais de 40 anos
     > Bancárias recebem apenas 82,8% do valor pago aos bancários

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Notícias Relacionadas