Funcionários do BB fecham agência em Taguatinga (DF) contra descomissionamento arbitrário

Em protesto contra o descomissionamento arbitrário de funcionários do Banco do Brasil, bancários e bancárias paralisaram os trabalhos na agência do banco da Praça do Relógio, em Taguatinga (DF), durante toda a manhã na quarta-feira (13).

A diretora do Sindicato Mônica Dieb, que é do BB, chamou a atenção para o grande prejuízo que os descomissionamentos podem trazer para a empresa. “Arbitrária e prejudicial, essa decisão irá interferir no atendimento de qualidade que  prestamos à população e, como consequência, contribuirá para o enfraquecimento do banco enquanto empresa pública.”

“Nossa ação hoje aqui em Taguatinga visa protestar e denunciar para a população, além de orientar os bancários sobre os direitos. Queremos preservar a saúde dos bancários e bancárias do BB e garantir um atendimento de qualidade para nossos clientes”, afirmou o diretor do Sindicato Kleytton Morais.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram