Em Salvador, mobilização em defesa da Cassi

Os funcionários do Banco do Brasil realizam mobilização, nesta quarta-feira (20), em defesa da Cassi, e o Sindicato dos Bancários da Bahia realizou um ato na agência do BB da rua Direita da Piedade. O objetivo é chamar atenção para as recentes medidas do governo Temer que prejudicam os usuários.

Entre as resoluções, a extinção do principio de solidariedade, mudança no modelo de autogestão, exclusão dos aposentados e novos funcionários concursados. Os funcionários rejeitam também a proposta da consultoria Accenture, que quer incluir na direção gestores externos.

A luta deve ser de todos os trabalhadores das estatais, afinal a resolução 23 da CGPAR atinge os planos de saúde de autogestão, estabelecendo novas diretrizes de custeio. E tem mais, proíbe qualquer acordo em mesa de negociação durante a campanha salarial.

O diretor do Sindicato e integrante da Comissão de Empresa de Funcionários, Fábio Ledo, destaca que a categoria não pode deixar a Cassi se tornar mais um plano qualquer, de mercado. "O princípio da solidariedade é essencial para os funcionários e familiares dos bancários", concluiu.

É clara a intenção do governo Temer de desmontar a empresa para posterior privatização. Para se ter ideia, mais de 11 mil postos de trabalho foram extintos desde 2016. Um verdadeiro crime de lesa-pátria.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram