Comando Nacional dos Bancários e Fenaban debatem III Censo da Diversidade

O Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) voltaram a se reunir, na tarde desta quarta-feira (29), na mesa bipartite de igualdade de oportunidades. A pauta do encontro foi a construção do III Censo da Diversidade Bancária.

Juvandia Moreira, coordenadora do comando e presidenta da Contraf-CUT, acredita que o censo é uma oportunidade importante para que o preconceito que vemos na sociedade não seja reproduzido nos bancos. “É um momento muito importante para estimular que os bancários possam ser agentes da diversidade em todos os lugares. A ideia é que o movimento sindical e os bancos promovam a diversidade no setor financeiro.”

Para ela, a formação dos trabalhadores é um caminho para evitar a disseminação do preconceito nos locais de trabalho. “Os sindicatos também têm um papel importante, pois estão ouvindo os trabalhadores no dia a dia.”

Juvandia lembrou que foi possível perceber uma evolução nos resultados do primeiro censo para o segundo. “Por isso é tão importante a realização do Censo, pois ajuda o movimento sindical a acompanhar e a cobrar que os bancos coíbam praticas discriminatórias.”Também participaram da reunião o Ministério Público do Trabalho e o IBGE, que darão a certificação técnica do censo. “É importante a presença das entidades, pois ajuda a dar credibilidade ao Censo e a mostrar que a sociedade precisa avançar”, finalizou.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram