Coletivo de Formação cria GTs para ampliar atuação

O Coletivo de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) se reuniu na sexta-feira (28), na sede da entidade, em São Paulo, para planejar as ações da Secretaria de Formação da Contraf-CUT para o próximo período.

Foram criados três Grupos de Trabalho para dar andamento às atividades. Um GT de Comunicação Interna, outro para elaborar o plano de formação do ramo financeiro e o terceiro para realizar uma pesquisa junto aos dirigentes sindicais, com o intuito de descobrir quais já passaram atividades de formação e quais replicam a formação que recebeu para as bases do movimento.

Formação na ação
Na ocasião, Rosane Bertotti, secretária nacional de Formação da Central Única dos Trabalhadores, apresentou o plano nacional de formação e a linha política da CUT e informou que elas estão interligadas, amarradas com as mobilizações, pois a Central acredita que a formação se dá não apenas em cursos e reuniões específicas, mas também na ação do dia a dia da militância e nas atividades de rua.

“Nosso coletivo tem se apropriado das discussões sobre o tema trazidas pelas entidades, sindicatos e federações e pela CUT para que nossa formação aglutine todas as experiências realizadas em nossas bases e na estrutura do movimento”, disse Ernesto Izumi, secretário de Formação da Contraf-CUT.

Atingir a juventude
O coletivo de Formação também entrará em contato com o coletivo de juventude para saber se os jovens do movimento podem contribuir com a mudança de linguagem do movimento para que sejam ampliadas as possibilidades de se atingir a parcela mais jovem da categoria.

O coletivo também definiu que dentro de um mês realizará uma nova reunião por teleconferência e daqui a quatro meses voltará a se reunir presencialmente.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram