1535 resultados Ver todos os resultados
1535 resultados Ver todos

COE questiona retirada de vigilantes das agências e PAAs do Mercantil

Imagem ilustrativa

Medida coloca em risco segurança dos trabalhadores

Depois de receber denúncias, a Comissão de Organização dos Empregados (COE) enviou ofício ao Banco Mercantil, na quinta-feira (27), para questionar a retirada dos vigilantes das agências e dos postos de atendimento (PAAs). No ofício, a COE salientou que o banco precisa prezar pela integridade física e moral dos bancários, que tanto se esforçam para o crescimento dos lucros, e dos usuários de seus serviços.

Apenas no 1° trimestre de 2024, o Mercantil obteve lucro recorde de R$ 165 milhões, com um aumento de 142% em 12 meses. “As funcionárias e os funcionários, porém, seguem sendo desvalorizados e, agora, estarão ainda mais expostos. Esta não é a postura de um banco que respeita as pessoas. Pelo contrário, o Mercantil vem mostrando seu total descaso com os trabalhadores”, destacou o coordenador nacional da COE, Vanderci Antônio.

O dirigente sindical Marco Aurélio Alves lembrou também que o banco não pode descumprir o acordo firmado junto à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais (SRTE-MG) em 13 de abril de 2017. “No acordo que firmamos com o Mercantil, ele se comprometeu a manter, ao menos, um vigilante armado em todos os PAAs da base de BH e região, além de câmeras de vigilância e portas giratórias com detector de metais”, explicou.

“Essa será uma das reivindicações da campanha salarial dos bancários, nesse novo modelo de agências de negócios, é fundamental ter vigilantes nas agências”, afirmou o coordenador do Coletivo de Segurança Bancária da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Jair Alves.

 

Denuncie!

É fundamental que bancárias e bancários conheçam a CCT e denunciem ao seu sindicato qualquer desrespeito aos seus direitos.

Notícias Similares

Imagem ilustrativa

Santander muda bandeira de VA e VR e COE cobra que bancários não sejam prejudicados

O banco informou que a medida ocorreu devido à venda da empresa Ben, que pertencia ao grupo; A nova bandeira será a Pluxee

Imagem ilustrativa

COE Santander inicia negociações e reitera defesa dos direitos dos empregados

Um dos principais temas debatidos durante o encontro foi a questão do emprego

Imagem ilustrativa

COE BMB reivindica melhorias em metas e segurança dos PAAs

Representantes dos trabalhadores são contra a retirada de vigilância armada, por insegurança para funcionários e clientes

Imagem ilustrativa

Associados comemoram vitória na Câmara e planejam nova mobilização em live

A transmissão acontece nesta terça-feira (16), às 18h30, nos canais do YouTube e do Facebook dos associados Previ

Imagem ilustrativa

Segunda reunião de negociação com o BNB aborda igualdade de oportunidades

Nova rodada de negociação acontece no próximo dia 26

Imagem ilustrativa

Fabiana Uehara questiona Caixa sobre leilão que pode favorecer o Flamengo

Representante dos empregados no Conselho de Administração do banco enviou ofício a Carlos Vieira solicitando informações sobre desapropriação de terreno de fundo administrado pelo banco

Imagem ilustrativa

Caixa: Empregados cobram respeito à jornada e pagamento de extras

Preocupação com denúncias envolvendo a Caixa Asset e reivindicação para que haja negociações em mesa sobre a Funcef também foram abordadas

Imagem ilustrativa

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

O tema será negociado no período. A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12)

Imagem ilustrativa

Contraf-CUT, Fenae e Apcefs denunciam retaliação a gerentes da Caixa

Empregados que se recusaram a dar aval a uma operação de compra de letras financeiras de alto risco; confira nota das entidades

Imagem ilustrativa

Campanha Nacional: 65% das bancárias apontam igualdade de oportunidades como prioridade

Movimento sindical reivindica ainda novo Censo da Diversidade, que todos os bancos façam adesão ao programa Empresa Cidadã e realizem ações de permanência e ascensão das populações mais vulneráveis

Não há mais itens para carregar no momento