1535 resultados Ver todos os resultados
1535 resultados Ver todos

Cassi: diretores e conselheiros eleitos tomam posse

Imagem ilustrativa

Com a oficialização da posse de grupo formado por funcionários da ativa e aposentados do BB, cerimônia reforça representação de associados e associadas na gestão da entidade

Os novos eleitos da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi) tomaram posse na última terça-feira (12), em cerimônia realizada em Brasília. O grupo, formado por nove funcionários da ativa e aposentados do BB, pré e pós 1998, de várias regiões do país, passa a ocupar cargos na Diretoria de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes e nos conselhos Deliberativo e Fiscal da entidade, com mandato até 2028.

A governança da Cassi é composta pelo Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal, Diretoria Executiva e Comitês, com cargos compartilhados entre os indicados pelo patrocinador, o Banco do Brasil, e eleitos pelos trabalhadores da empresa, em pleitos que são realizados a cada dois anos.

Os empossados

Os novos eleitos, com mandato até 2028, são do grupo “Cassi para os Associados”, apoiado pela maioria das entidades representativas dos funcionários, incluindo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Para o cargo de diretor de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes, tomou posse Alberto Alves Júnior. Para o Conselho Deliberativo: Ana Beatriz Garbelini (titular), Maria das Graças C. Machado (titular), Alessandro Greco Garcia (suplente) e Pedro Carvalho Martins Conselho Deliberativo (suplente). E, para o Conselho Fiscal: Pedro Paulo Campos Magno (titular), Sybelle Natalle Braga Chagas (titular), José Arimatea de Sousa Passos (suplente) e Thiago Noleto de Pádua (suplente).

Fortalecer a Cassi

"Os representantes das trabalhadoras e trabalhadores do BB estarão atuando para fortalecer, dentro da Cassi, a pauta de expansão da Atenção Primária à Saúde (APS), também conhecida como Estratégia Saúde da Família, e da rede credenciada", ressaltou Fernanda Lopes, coordenadora da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) e também conselheira da Cassi.

"A participação de todos e todas nas eleições foi muito importante, porque reforça o modelo de gestão compartilhada, para que os associados e dependentes da Cassi tenham voz ativa nas decisões da entidade. Vamos seguir trabalhando para implementar melhorias, que já foram iniciadas dentro da entidade, para alcançar o equilíbrio e fortalecer o associativismo, que é a base do nosso plano de saúde”, completou.

Notícias Similares

Imagem ilustrativa

Associados comemoram vitória na Câmara e planejam nova mobilização em live

A transmissão acontece nesta terça-feira (16), às 18h30, nos canais do YouTube e do Facebook dos associados Previ

Imagem ilustrativa

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

O tema será negociado no período. A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12)

Imagem ilustrativa

Deputados aprovaram projeto que regulamenta reforma tributária

Luta das entidades de representação dos trabalhadores foi acatada e emenda que zera alíquotas do IBS e da CBS dos planos de previdência complementar fechados e planos de saúde de autogestão foi aprovada

Imagem ilustrativa

Funcef: Pesquisa mostra insatisfação com proposta de equacionamento

63% dos participantes do fundo REG/Replan Saldado não querem redução da pensão por morte; 67% contestam o fim do pecúlio por morte; 54% dizem que houve falta de transparência na elaboração da proposta

Imagem ilustrativa

Funcionários do Banco do Brasil entregam reivindicações à Cassi em Brasília

Dirigentes sindicais aproveitam presença na capital federal para oficializar entrega de documento

Imagem ilustrativa

Funcionários do Banco do Brasil voltam a se reunir com BB para negociações da Campanha Nacional 2024

Cassação da liminar dos caixas e temas críticos como Performa e terceirização dominam o encontro

Imagem ilustrativa

Justiça do Trabalho cassa liminar que garantia gratificação de caixas do Banco do Brasil

A decisão afeta diretamente os caixas que, em 2017, tinham menos de dez anos na função, resultando na perda dessa gratificação

Imagem ilustrativa

TRT-10 analisará recurso do BB contra decisão que mantém função de caixa executivo

Sentença de primeiro grau confirmou a tutela antecipada que impede a eliminação da função de caixa e garante gratificação aos trabalhadores

Reforma Tributária: Contraf-CUT pede tributação específica para entidades previdenciárias e de saúde sem fins lucrativos

Trabalhadores reivindicam tratamento diferente para as entidades de autogestão daquele que será dado às instituições financeiras

Imagem ilustrativa

CEBB inicia negociações da Campanha Nacional 2024 com o Banco do Brasil

O calendário das reuniões foi definido até agosto

Não há mais itens para carregar no momento