Campanha A Caixa É Toda Sua é lançada no Piauí

Alertar a população para os desmontes e riscos de privatização que a Caixa Econômica está correndo é o objetivo principal da campanha nacional “A Caixa É toda Sua”. A campanha foi lançada oficialmente no Piauí nesta sexta-feira (20), com ato de protesto realizado pelo Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) e Associação do Pessoal da Caixa (APCEF Piauí), com apoio da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), em frente a agência da Caixa Areolino de Abreu, no Centro de Teresina.

O presidente do SEEBF-PI, Odaly Medeiros, ressalta a importância de dialogar com a sociedade sobre a importância da Caixa, assim com os demais bancos públicos. “Conversamos com a população sobre a importância de defender os bancos públicos, hoje em especial a Caixa Econômica. É muito positivo estarmos valorizando e intensificando a defesa da Caixa, principalmente com a participação da sociedade. Precisamos também envolver a classe política, já que os grandes investimentos feitos pelas prefeituras são via Caixa Econômica, BNB e Banco do Brasil. Esperamos que a cada dia esses bancos possam ter mais recursos para investir no desenvolvimento de nosso país”, disse Odaly.

A diretora da Fenae, Francisca de Assis, frisou o papel social que os bancos públicos cumprem. “As prefeituras e os governos estaduais e Federal, através da Caixa, realizam os projetos de desenvolvimento da sociedade e executam os projetos sociais do Governo Federal. As prefeituras fazem os financiamentos, através da Caixa, para realizar obras com recursos do Governo Federal. Defender a Caixa é defender moradia, educação, saneamento. Dos valores arrecadados através das Loterias, um percentual vai para os Ministérios da área social do governo. Recursos do FGTS centralizados na Caixa são devolvidos à sociedade em obras de saneamento e construção civil. Defendemos os bancos públicos, porque defendemos a sociedade”, enfatizou De Assis.

Glória Araújo, presidenta da APCEF Piauí, destacou a importância de alerta a sociedade. “Temos que esclarecer e principalmente alertar a população em relação a esse desmonte que está havendo na Caixa, no Banco do Brasil e no BNB. Por conta disso, todas as entidades se uniram com a Fenae e foi lançada essa campanha, porque hoje o governo pretende, e tem demonstrado, que quer passar tudo para a iniciativa privada”, afirmou Glória.

O vice-presidente do SEEBF-PI, Gilberto Soares, também ressaltou a importância desse alerta. “Essa campanha é voltada à população para esclarecer e alertar sobre o risco de privatização da Caixa Econômica, de entrega do nosso patrimônio público. Fazemos essa campanha porque entendemos da importância dessa instituição financeira, assim como os demais bancos públicos, para a sociedade como um todo”, disse Gilberto.

O diretor do SEEBF-PI, Arimatea Passos, reforçou a importância da resistência a esse desmonte dos bancos públicos. “Estamos dizendo não às propostas de privatização da Caixa, do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste. Estamos conversando com a população sobre a importância de manter esses bancos como eles são. Temos todos que estar juntos lutando contra essas propostas do Governo Federal de privatização das empresas públicas. Temos a obrigação de defender os bancos públicos que são o maior patrimônio social do país”, disse.

Fonte: SEEBF-PI

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram