Audiência Pública na AL/CE cria Frente Parlamentar em Defesa do BNB

A Frente Parlamentar Nordestina em Defesa do Bando do Nordeste (BNB) foi criada na sexta-feira (5), audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará, com o objetivo de articular politicamente a defesa do Banco como principal agente de desenvolvimento da região.

Ao evento compareceram, além dos parlamentares cearenses, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), os presidentes das Assembleias Legislativas do Piauí, Maranhão, Sergipe, Paraíba e Bahia, diversos deputados federais e vereadores do campo progressista, além de representantes da Contraf-CUT, Fetrafi/NE, Sindicato dos Bancários de diversos estados com BNB na base, Fenae, CUT, CTB e AFBNB, entre outras entidades da sociedade civil organizada.

Durante a audiência, comandada pelo presidente da AL/CE, José Sarto (PDT), todos os parlamentares foram unânimes em destacar o papel decisivo do Banco do Nordeste para o desenvolvimento da região e da importância de levar o debate até as instâncias federais para manter o Banco forte e público. O deputado estadual Danniel Oliveira (MDB) informou que já há uma agenda marcada nesta semana com o ministro da Casa Civil, Onix Lorenzoni, para debater a defesa do BNB e destacou a importância de todo o Nordeste se unir em torno dessa causa.

O discurso da união também foi ressaltado pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB). Segundo ele, o Brasil tem uma dívida enorme com o Nordeste e ela tem de ser paga. “Exigir que o governo federal respeite o BNB é justiça social, pois ele distribui qualidade de vida, políticas públicas e desenvolvimento. Defender o BNB é defender o Nordeste”.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, ressaltou que “o BNB é muito mais do que uma instituição de crédito ou um banco regional. Ele é uma instituição de produção de capital humano e de organização do pensamento estratégico nordestino”. Ele completa que vai articular junto a Frente Nacional de Prefeitos o apoio à luta em defesa do BNB.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo, destacou que o movimento sindical está unido na luta em defesa do Banco. “Os cinco maiores bancos desse país lucraram juntos mais de R$ 70 bi em um ano. O BNB, em um ano, trouxe para a nossa região R$ 43 bi. Se de um lado, os maiores bancos desse país estão acumulando lucros, do outro, nós temos o BNB, com crédito mais barato e trazendo dignidade e autonomia”, concluiu.

“O movimento de defesa do BNB ganha dimensão com o fortalecimento da Frente Parlamentar Nordestina evidenciado na audiência pública da Assembleia Legislativa do Ceará, com a presença dos presidentes das AL’s de estados nordestinos. Outro ponto marcante do evento foi a participação de vários deputados federais da bancada federal do Ceará; além da bancada estadual. Senti firmeza. A defesa do BNB agrega todos”, fnalizou Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram