Após cobrança da Contraf-CUT, Caixa divulga regras de assistência à saúde

A luta dos empregados é para que o Saúde Caixa seja para todos

A Caixa divulgou, na última sexta-feira (11), o RH 227, com as regras para reembolso com despesas médicas, para os contratados a partir de 1 de setembro de 2018.

A publicação é fruto da pressão da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) para que a Caixa cumprisse o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018/2020, uma vez que os empregados contratados após a data acima estavam sem qualquer tipo de assistência. A Contraf-CUT, inclusive, entrou com ação judicial visto que nas mesas de negociação permanente, a Caixa não dava um prazo para essa publicação.

“Por nossa solicitação, o reembolso será retroativo necessitando o empregado comprovar a contratação de plano de saúde do mercado. Porém, a nossa luta é maior que apenas o cumprimento do acordo, queremos Saúde Caixa para todos”, afirmou Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura da Contraf-CUT e coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) de Saúde.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram