Sindicato paralisa 90% das agências Santander no Recife e Região Metropolitana

As agências do Santander, localizadas no Recife e Região Metropolitana, amanheceram fechadas nesta quarta-feira (20). A ação foi realizada pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco, que paralisou as atividades de 36 unidades do banco espanhol para denunciar a implementação, sem negociação, de um sistema de Acordo Individual de Banco de Horas Semestral. 

De acordo com a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, a medida é antissindical, pois desrespeita o acordo firmado na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). “A nossa Convenção Coletiva, fruto da nossa luta e da nossa história, vale até 31 de agosto de 2018. O Santander é o primeiro banco que está querendo implementar a reforma trabalhista sem conversar com a comissão de empresa ou com o Comando Nacional. Hoje paramos o Santander em todo o Brasil, mas qualquer banco que não cumpra a nossa convenção será denunciado e vamos cruzar os braços”, afirma.

Também sem negociação, o banco informou a alteração do dia de pagamento dos salários, do dia 20 para o dia 30, e os meses de pagamento do 13º salário, antes março e novembro, agora passam a ser maio e dezembro. 

Diante da retirada de direitos, ocorreram protestos em agências e departamentos de todo o Brasil. “Conseguimos uma boa adesão à mobilização. Estamos dando um recado para a Fenaban, para os banqueiros, que os bancários não vão aceitar quebra de acordo. Em nível nacional podemos garantir que 95% das agências, departamentos e call center estão fechados”, avalia a diretora da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro no Nordeste (Fetrafi/NE) e membro do COE Santander, Tereza Souza.

Os trabalhadores do Santander também sofrem com os aumentos abusivos do plano de saúde e  o adoecimento ocupacional. Outro problema constante no banco é o grande número de demissões. Nos últimos dias, o banco dispensou 200 funcionários no Brasil.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram