Sindicato cobra e Bradesco oferece transferência a funcionários de agência assaltada, em São Paulo

Após cobrança do Sindicato, o Bradesco ofereceu a possibilidade de transferência para a mesma gerência regional a funcionários lotados na agência assaltada, no dia 10, na Liberdade, região central de São Paulo. No dia seguinte a ação dos criminosos, dirigentes sindicais estiveram no local para exigir do banco a emissão de CAT, a dispensa dos funcionários que foram feitos reféns, para que se recuperassem do trauma vivenciado, e a necessária assistência psicológica às vítimas.

“Os trabalhadores que não se sentirem à vontade e quiserem transferência podem procurar a gerência regional do banco. Ou então o Sindicato, se nada for feito nesse sentido”, ressalta o dirigente sindical Alexandre Bertazzo, funcionário do Bradesco.

O dirigente lembra que os criminosos que invadiram a agência no dia 10 conheciam a rotina de funcionamento da agência. Os bandidos fugiram levando uma quantia em dinheiro. Não houve feridos e a polícia chegou ao local somente após o término do assalto.

CAT 

A Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) é um documento que serve para reconhecer um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional, como é o caso de um trauma psicológico desenvolvido após o empregado passar por um assalto no local de trabalho.

É obrigação do empregador emitir o documento, imprescindível para dar entrada em pedidos de afastamento pelo INSS. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram