Sindicato acompanha volta ao trabalho de bancária reintegrada em Poá (SP)

Diretores do Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região acompanharam, na quarta-feira (4), o retorno ao trabalho da bancária de Poá, Alessandra Ferreira da Silva, que por duas vezes foi demitida injustamente pelo Santander, mas após ação da entidade foi reintegrada à instituição financeira.

O caso dessa funcionária começou quando ela contraiu lúpus em consequência de um trauma que passou ao vivenciar um assalto na agência, ficando na mira de um revólver. Alessandra chegou a ficar 30 dias internada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi até desenganada pelos médicos. Felizmente, conseguiu se restabelecer, mas mesmo em tratamento, em agosto do ano passado foi desligada injustamente pelo banco.

O exame demissional atestou Alessandra inapta para ser demitida e nesse instante o Sindicato interveio na decisão do banco, conseguindo suspender a homologação e reintegrar a funcionária.

Passado um ano, o Santander voltou a demitir Alessandra que a essa altura estava grávida, levando o Sindicato novamente a interferir na decisão e conseguir a reintegração da bancária.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram