Seeb SP completa 97 anos de história de luta

Em meio à pandemia do coronavírus e dos ataques do governo Bolsonaro e dos parlamentares à classe trabalhadora, bancários estão na linha de frente, garantindo serviços essenciais à população

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região (Seeb-SP) completa 97 anos neste dia 16 de abril. A história de luta e conquistas da entidade se deve a união dos bancários na luta em defesa dos direitos e, neste momento, durante a pandemia do novo coronavírus, para garantir serviços essenciais à população.

A presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, parabenizou a todos os bancários pela luta e resistência ao longo desses 97 anos e, principalmente, agora durante a pandemia do novo coronavírus. “O Seeb SP sempre foi atuante na luta em defesa dos direitos dos trabalhadores, principalmente, agora, neste momento no qual os bancários enfrentam um grande desafio. Os bancários estão fazendo um trabalho essencial para a população”, afirmou.

De acordo com a presidenta do Seeb SP, Ivone Silva, ao longo dos seus 97 anos, o sindicato luta incansavelmente para garantir os direitos dos bancários e que, ao longo da pandemia, este legado não tem sido diferente.

“Nos últimos anos, temos sofrido ataques em série do governo e de parlamentares comprometidos única e exclusivamente com os interesses dos banqueiros e dos grandes empresários, que visam o lucro mediante a exploração dos trabalhadores. Temos resistido em meio à tantas adversidades com união e mobilização, e não será diferente no enfrentamento à pandemia e no pós-coronavírus”, concluiu.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram