Seeb PB realiza Encontro Estadual dos Bancários

Bancários debateram análise econômica, conjuntura política e reforma da Previdência

O Encontro Estadual dos Bancários foi realizado, neste sábado (1), pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba, no auditório da Entidade. O evento, que é o pontapé inicial da Campanha Nacional 2019, debateu a conjuntura política e econômica do país e as questões específicas dos bancários a serem levadas à conferência regional, aos congressos nacionais dos bancos públicos e à Conferência Nacional dos Bancários.

O Sindicato contou com um auditório lotado pela categoria, que participou ativamente dos debates sobre os desafios da categoria ante as transformações tecnológicas e a resistência à reforma da Previdência, na primeira campanha dos bancários no governo ultraliberal de Jair Bolsonaro.

As palestras de alto nível, seguidas de debates com a plenária, foram proferidas por: Gustavo Machado Cavarzan, técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese SP), que palestrou sobre Macrossetor Serviços e Ramo Financeiro – Diagnósticos e Desafios; Moisés Marques, professor da Faculdade 28 de Agosto, do Sindicato dos Bancários de São Paulo, que avaliou as mudanças estruturais no mercado de trabalho bancário e os desafios dos sindicatos no novo contexto; Edson Franco, professor da UFPB, que discorreu sobre a reforma da Previdência e os malefícios da PEC 06/2019.

Após as palestras e seus respectivos debates, os bancários se reuniram por segmento para eleição dos delegados e discussão das questões específicas a serem levadas aos fóruns regional e nacionais de deliberação da categoria profissional.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcelo Alves, avaliou como muito positivo o evento, tanto pela quantidade de bancárias e bancários, quanto pelo nível das palestras e dos debates. “É gratificante vermos o nosso auditório lotado, em pleno sábado ensolarado, com a categoria atenta às discussões sobre os desafios a serem enfrentados na primeira campanha sob o regime ultraliberal de Bolsonaro e participando ativamente da análise da conjuntura em que vai se desenvolver a nossa luta, principalmente na resistência à aprovação da reforma da Previdência”, concluiu.

O Encontro Estadual foi encerrado com um almoço de confraternização e música ambiente, no Espaço Cultural Marcos Lucena, na sede da Entidade.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram