Seeb ABC lança campanha pela saúde dos bancários

Iniciativa terá participação de psicólogos e visa melhorias no ambiente de trabalho

O Sindicato dos Bancários do ABC está lançando a campanha #Não é Mimimi – Não vamos deixar a meta te consumir – uma iniciativa para debater, esclarecer, prevenir e ajudar a tratar os muitos casos de doenças mentais na categoria. Se até alguns anos eram as lesões por esforço repetitivo e osteomusculares as que mais afligiam os bancários, hoje esse quadro mudou, com o grande crescimento desse tipo de transtorno.
Segundo dados do INSS, a quantidade de trabalhadores de bancos afastados por transtornos mentais cresceu 61,5% entre 2009 e 2017. O problema está diretamente relacionado ao aumento da pressão, cobrança por metas excessivas e assédio moral no local de trabalho. Apesar das campanhas das entidades sindicais contra esse tipo de conduta, ela parecer ter se transformado numa condição estrutural em muitos bancos. “Os bancários convivem com assédio moral organizacional e a precarização do emprego. Temos hoje PDVs em vários bancos, que buscam um novo perfil de trabalhador, com menos direitos, por conta da reforma trabalhista, e há grande insegurança. Tudo isso deprime, tudo isso adoece”, aponta a secretária de Saúde do Seeb ABC, Adma Gomes.A campanha do Sindicato deverá contar com a participação de psicólogos da PUC e da USP, que vão proferir palestras e conversar com os trabalhadores. “Queremos dar visibilidade ao tema e mostrar que o problema é grave e real. Nossa intervenção, com a campanha, objetiva prevenir e tentar minimizar essas consequências, além de ir na fonte do problema, que é o ambiente ruim tolerado e às vezes até incentivado dentro dos bancos”, complementa o presidente do Seeb ABC, Belmiro Moreira.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram