Santander pressiona funcionário a assumir culpa de assalto

A agência Centro do banco Santander em Limeira (SP) foi assaltada na manhã desta segunda-feira (31), antes da abertura da agência.

Segundo Ana Lúcia Ramos, presidenta do Sindicato dos Bancários de Limeira, a agência é bem grande, mas por ser toda de vidro, todo mundo consegue ver o que acontece em seu interior. “Uma agência deste tamanho só tem dois vigilantes. Enquanto um foi ao banheiro, para se preparar para o início do expediente, uma das pessoas que estavam no local do atendimento distraiu o outro vigilante com uma pergunta. Enquanto o vigilante foi resolver o problema para essa pessoa, arrombaram o autoatendimento e entraram atrás dos caixas eletrônicos no momento em que um funcionário transitava com o malote para fazer o abastecimento”, explicou a dirigente sindical.

“O banco não investe em segurança e agora está pressionando para que o funcionário assuma a culpa. A culpa não é do funcionário, é do banco”, completa indignada Ana Lúcia.

A presidenta do sindicato dos bancários disse ainda que não vai permitir a pressão. “O funcionário já está em choque por causa do assalto e agora é vítima de assédio cometido pelo banco. O sindicato vai tomar todas as medidas possíveis para defender o bancário”, disse.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram