Por empregos, funcionários do HSBC realizam Dia Nacional de Luta em todo o Brasil

Nesta terça-feira (31), acontece, em todo o Brasil, o Dia Nacional de Luta dos empregados do HSBC em defesa do emprego. A atividade de protesto é contra as demissões que o HSBC vem promovendo em todo o país e também contra o descaso do Bradesco, que adquiriu 100% do capital social do HSBC Brasil, em agosto de 2015, e até agora não explicou o que acontecerá com os funcionários do banco inglês que está deixando o Brasil.

O ato, que acontece simultaneamente em todo o país, representa a indignação dos bancários com as constantes demissões feitas pelo Bradesco em contradição ao que foi acordado com o movimento sindical.

Bancários participam de atividades em várias regiões do país        

Neste 31 de maio, o Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região realizou duas atividades em alusão ao Dia Nacional de Luta em defesa do emprego no HSBC. Em Catanduva, dirigentes sindicais fizeram manifesto em frente à agência local, com exibição de faixa e reunião com os funcionários. Já em Ibitinga, os dirigentes conversaram com os trabalhadores sobre as atitudes perversas tomadas pela direção do banco.

O Sindicado dos Bancários do ABC realizou atividades em agências da Região. Além do HSBC a atividade aconteceu também em agências do Bradesco. As agências ficaram paralisadas por uma hora e os diretores do Sindicato realizaram reuniões com os funcionários e distribuíram material impresso.

Empregados do HSBC e dirigentes do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro (SEEB-RO) fizeram, na manhã de hoje (31), em Porto Velho, um manifesto com atraso de uma hora no atendimento, em protesto contra as demissões que o HSBC vem promovendo em todo o país.

Diretores do Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região percorreram, nesta terça-feira, as agências do HSBC de sua base para dialogar com bancários.

O Sindicato dos bancários de Nova Friburgo realizou, neste Dia nacional de Luta em defesa do emprego no HSBC, atividade em frente a única agência da base, com panfletagem e esclarecimento ao público e usuários.

O Dia Internacional de Luta pela Garantia dos Empregos e Fim do Assédio Moral no HSBC foi marcado em Campinas com manifestação na agência Trevo, no período das 8h às 11h, atrasando em uma hora a abertura da unidade, o atendimento ao público.

Durante todo o dia, as atividades na agência Aldeota do HSBC, no coração financeiro de Fortaleza, estiveram paralisadas. A iniciativa contou com a adesão dos trabalhadores que protestaram contra as demissões, retirada de conquistas específicas do funcionalismo do HSBC e assédio moral.

Veja aqui a galeria de fotos das manifestações pelo país. Mande sua foto.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram