‘Operação Esquenta’ mobiliza cinco agências do Santander em Londrina

Seguindo orientação do Comando Nacional dos Bancários, o Sindicato dos Bancários de Londrina retardou a abertura do expediente em cinco agências do Santander nesta quinta-feira (23/08).

O presidente do Sindicato, Felipe Pacheco, afirma que os protestos servem para pressionar avanços nas negociações com os bancos em torno da Minuta de Reivindicações gerais da categoria e das específicas dos funcionários do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

“Para quebrar o gelo nas mesas e esquentar a mobilização da Campanha 2018 precisamos mostrar aos banqueiros que não aceitamos as propostas de retrocesso nos direitos e que não concordamos com o índice de aumento real de apenas 0,5%, levando em conta os excelentes resultados que os bancos estão apresentando nos últimos tempos”, argumenta.

A proposta apresentada pela Fenaban ao Comando Nacional na terça-feira (21) foi prontamente rejeitada na mesa de negociações por ter um índice ganho real considerado insuficiente, inferior aos que foram pagos por outros setores da economia do País.

Pesou ainda para este posicionamento do movimento sindical o fim do pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) para as bancárias em Licença-maternidade e dos afastados para tratamento de doenças e acidentes do trabalho.

“A categoria merece mais e os bancos podem ir além disso que foi colocado na mesa. Se não houver uma mudança nessa postura não nos restará alternativa a não ser deflagrar uma greve nacional para atingir nossos objetivos na Campanha Unificada deste ano”, avalia Felipe.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram