OAB-SP: “Trabalhadores terão dificuldades para fazer acordos”

Em entrevista concedida ao programa Seu Jornal, da TVT, o presidente da Comissão de Trabalho da seção paulista da Ordem dos Advogados Brasil (OAB-SP), Eli Alves da Silva, disse que, se aprovada a proposta de reforma trabalhista do governo golpista e ilegítimo de Michel Temer, que agora tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados, o empregado ficará em dificuldade até para realizar negociações com os empresários. Isso agrava ainda mais o desequilíbrio entre empregado e empregador.

Veja a íntegra da entrevista.

Mais informações no site da Rede Brasil Atual.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram