Manifestantes pressionam STF a votar a favor da criminalização da homofobia

Julgamento será retomado no dia 5 de junho com os votos de mais cinco ministros.

Movimentos e organizações LGBT+ realizaram um grande ato unificado de resistência, na quinta-feira (23), a favor da criminalização da homofobia e da transfobia. Na data, o Supremo Tribunal Federal (STF) contou com o voto favorável da maioria dos ministros pela criminalização de condutas discriminatórias contra a comunidade LGBT+.

O julgamento será retomado no dia 5 de junho com os votos de mais cinco ministros.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram