Itaú demite funcionário que está em tratamento de saúde

Na sexta-feira (9), o Itaú Unibanco demitiu o funcionário Carlos Alberto Spenthof, na pequena São Jorge do Patrocínio, no Noroeste do Paraná. O funcionário está em tratamento psiquiátrico e sofreu um desmaio imediatamente após a notificação da demissão, acordando somente no hospital da cidade, para onde foi levado.

O estado de saúde do funcionário era conhecido pelo banco, uma vez que havia sido constatado no exame periódico realizado na véspera da demissão. Porém, apesar de saber que funcionário estava doente, o Itaú resolveu manter a demissão do trabalhador.

O Sindicato dos Bancários de Umuarama, Assis Chateaubriand e Região pediu a suspensão da demissão imediatamente após ter conhecimento do ocorrido, mas não foi atendido. “Lamentamos profundamente a indiferença do banco quanto à saúde de seus funcionários, comprovada mais uma vez neste preocupante episódio”, afirmou Edilson José Gabriel, coordenador do sindicato.

Edilson informou que o sindicato vai orientar o funcionário quanto aos seus direitos e tentar participar do processo de homologação, uma vez que o Itaú já não agenda mais as homologações nas entidades sindicais.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram