França está disposta a compartilhar dados do HSBC com Brasil, diz Janot

Procurador geral da República reuniu-se com autoridades francesas em Paris

Brasil 247

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encontrou-se com representantes do Ministério Público financeiro da França nesta terça-feira (28), em Paris. A pauta do encontro girou em torno da cooperação para o compartilhamento de dados sobre contas secretas mantidas por brasileiros na filial do Banco HSBC, na Suíça.

De acordo com o secretário de Cooperação Jurídica Internacional da Procuradoria Geral da República (PGR), Vladimir Aras, o encontro com a procuradora francesa Eliane Houlette teria sido extremamente positivo. “Foi um contato muito importante. Estes canais de cooperação são sigilosos, há uma confidencialidade, mas se pode dizer que o encontro foi produtivo”, afirmou.

Um pedido formal para o compartilhamento de dados entre os dois países deverá ser assinado em breve. “Esperamos que seja atendido, que tenhamos acesso a todos os dados brutos, para que os peritos do Instituto Nacional de Criminalística e da Procuradoria¬ -Geral possam trabalhar e permitir que o inquérito policial já instaurado tenha curso e possa identificar crimes antecedentes”, destacou

A PGR investiga se houve crimes de sonegação fiscal, evasão de divisas e, a existência de outros delitos como corrupção, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram