Empregados da Caixa realizarão “Esquenta” para o Dia de Luta nesta quarta

A orientação é para que seja realizado o retardamento da abertura de agências. Uma carta direcionada aos empregados será distribuída nas unidades pelos sindicatos e federações

Os empregados da Caixa realizam nesta quarta-feira (5) mobilização em todo o país para denunciar o ataque aos direitos dos trabalhadores e o desmonte do banco. A orientação da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) é para que seja realizado o retardamento da abertura de agências. Uma carta direcionada aos empregados será distribuída nas unidades pelos sindicatos e federações para chamar atenção sobre os pontos negativos da reestruturação, anunciada no dia 22 de fevereiro, e os ataques ao papel social do banco.

Denominada esquenta do dia 13 – quando ocorrerá um Dia Nacional de Luta contra a Reestruturação – a mobilização deve ser intensificada também nas redes sociais com twitaço a partir das 11h do dia 5 de fevereiro, usando as hashtags #SomosMuitasCaixas, #ACaixaéTodaSua e #EsquentaparaoDia13.

“É importante que o maior número de empregados participe dessas mobilizações para debater o processo e encontrar formas de barrar essas mudanças que certamente estão impactando negativamente os trabalhadores, que serão afetados por mais uma reestruturação do banco”, convocou Dionísio Reis, coordenador da CEE/ Caixa.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram