Dia Nacional de Luta cobra respeito aos empregados da Caixa

Empregados da Caixa Econômica Federal de todo o Brasil realizaram nesta terça-feira (15) o Dia Nacional de Luta para exigir do banco mais respeito aos direitos dos trabalhadores e lutar contra a precarização das condições de trabalho. A data foi marcada por manifestações e paralisações em vários estados.

A organização do dia de protestos se deu após o envio de uma Carta Aberta aos funcionários pela Contraf-CUT. O documento explica toda a estratégia de desmonte imposto pelo governo ilegítimo de Michel Temer, com fechamento de unidades, descomissionamentos, ataque ao plano de Saúde Caixa, regulamentação da terceirização dentro das unidades da Caixa, o perigo de venda da Lotex (loteria) e entrega – principalmente do FGTS – para os bancos privados.

Além de reivindicar por mais respeito e condições melhores de trabalho, os funcionários disseram não às medidas que reduzem o tamanho da Caixa, diminuem empregos, prejudicam clientes e atacam o papel social da instituição.

Para Dionísio Reis, coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa, “a realização do Dia Nacional de Luta é muito importante para pressionar a Caixa contra o desmonte caótico do banco público e dos direitos dos empregados”.

Clique aqui e veja como foram as mobilizações em todos os estados.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram