Dia de Luta pela Caixa em Campos dos Goytacazes

O governo quer vender a Caixa Econômica Federal, patrimônio do povo brasileiro, para o capital privado. E para impedir que aconteça mais este ataque à soberania nacional vai ser preciso muita mobilização. Nesta sexta-feira (15), Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa, o Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes e Região (RJ) promoveu uma manhã de protesto em frente à agência do Pelourinho, no calçadão do centro financeiro da cidade. O ato público também reforçou a importância da luta contra a reforma da Previdência.

A atividade começou antes das 8h, com a colocação de faixas e cartazes e distribuição de cartilha com informações sobre a importância da Caixa para o país.

“O momento é mais do que nunca de conscientização e não só dos bancários e bancárias, mas de toda a sociedade. A Caixa presta serviços importantes ao Brasil, é lucrativa, cumpre seu papel e não há motivos para que seja entregue desta forma a interesses que não sejam os do povo brasileiro”, disse o presidente do Sindicato, Rafanele Alves Pereira.

A luta é em defesa da Caixa 100% pública e do seu papel social, contra a venda das áreas mais lucrativas do banco e contramanobras que reduzam o lucro da Caixa. É também por mais reconhecimento ao trabalho, mais empregos e fim do assédio moral na empresa.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram