CUT se solidariza com senadoras e repudia agressões

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) divulgou, nesta quarta-feira (12), uma nota em solidariedade às senadoras Fátima Bezerra, Gleisi Hoffmann, Vanessa Grazziotin, Lídice da Mata e Regina Souza, que colocaram seus mandatos a serviço da classe trabalhadora e na defesa da democracia, durante a votação do projeto da Reforma Trabalhista, na terça-feira (11).

No comunicado, a CUT afirma repúdio a qualquer ação do Senado que vise punir as senadoras ou desqualifica-las por cumprir o papel que deveria ser função do parlamento e de todos os senadores. “A ação dessas grandes mulheres no exercício de seus mandatos é o que ainda resta de positivo neste processo de golpe e desmandos instalados neste país. Repudiamos ainda, as atitudes machistas e truculentas do Presidente do Senado, senador Eunicio Oliveira, ao arrancar o microfone fixado no vestuário da senadora Fátima Bezerra, que presidia aquela sessão, de apagar as luzes e trancar os banheiros femininos do Senado. ”

Clique aqui e veja a nota completa 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram