Contraf-CUT volta a discutir demissões com Itaú nesta quarta-feira

A Contraf-CUT, federações e sindicatos se reúnem com o Itaú nesta quarta-feira (16), na sede da Confederação, em São Paulo, para discutir pautas específicas dos funcionários. A maior preocupação é com a onda de demissões e fechamento de agências, depois da campanha salarial, conforme relatos e denúncias de bancários por todo o País.

No último encontro com banco, no dia 26 de novembro, o Itaú afirmou que não há variação no número de demitidos em comparação ao ano passado e que não haverá demissão em massa. Mas os dirigentes sindicais pediram informações mais detalhadas, as quais o banco ficou de repassar na reunião desta semana.

“Nós solicitamos que os sindicatos atualizem o levantamento das demissões e fechamentos de agências ocorridas após a campanha salarial. Vamos comparar estes números com as informações que esperamos que o banco traga. Temos recebido muitas denúncias sobre demissões e se este processo continuar faremos uma campanha nacional de mobilização contra o Itaú”, ressalta Jair Alves, coordenador da Comissão de Organização dos Empregados- COE-Itaú.

Agenda

A Contraf-CUT convoca os membros da COE-Itaú para reunião preparatória nesta terça-feira (15), às 14h30, também na sede da Confederação, em São Paulo, para tratar das pautas com o banco.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram