Contraf-CUT lamenta falecimento de Paulo Henrique Amorim e Chico de Oliveira

Jornalista atuava de forma combativa contra os retrocessos do país
Foto: Divulgação

É com pesar que a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) lamenta o falecimento do jornalista Paulo Henrique Amorim e do sociólogo Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, conhecido como Chico de Oliveira.

O jornalista, que sofreu um infarto fulminante aos 77 anos, em sua casa, no Rio de Janeiro, passou pelas principais emissoras do país.

Dono de uma atuação combativa, Amorim mantinha o blog ‘Conversa Afiada’, que se notabilizou pelas duras críticas aos retrocessos do país e popularizou o termo “PIG” (Partido da Imprensa Golpista), denunciando a falta de isenção da imprensa no cenário político brasileiro.

Oliveira morre aos 85 anos. Segundo a família, ele residia em São Paulo para o tratamento de uma pneumonia. Bastante conhecido nos movimentos sindical e sociais, ele foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) na década de 1980. Em 2003, ele se filiou ao Partido Socialismo e Liberdade (Psol). Formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco, ele pertenceu aos quadros técnicos do Banco do Nordeste e da Sudene, onde teve importante atuação ao lado do economista brasileiro Celso Furtado.

Professor titular aposentado da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), ao longo de sua trajetória sempre defendeu os direitos humanos, recebeu inúmeras homenagens e, com o livro “Crítica à razão dualista/O ornitorrinco, foi ganhador do prêmio Jabuti na categoria Ciências Humanas em 2004. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram