Comunidade LGBTI+ realiza casamento coletivo neste domingo (16)

A Comunidade LGBTI+ realiza um casamento coletivo neste domingo (16), na Casa das Caldeiras, em São Paulo. O evento histórico acontece em meio a um cenário de incertezas, diante da iminente ameaça do novo governo de retirar direitos, como, por exemplo, o casamento civil igualitário. A ideia surgiu após a orientação da ex-desembargadora e presidente da Comissão Especial da Diversidade Sexual e de Gênero do Conselho Federal da OAB, Maria Berenice Dias, para que os casais LGBTI+ procurassem assegurar o direito ao matrimônio ainda em 2018. 

De acordo com Adilson Barros, diretor executivo da Contraf-CUT, o casamento civil igualitário garante a casais homo afetivos os mesmos direitos que os de casais heterossexuais. “Ele permite que eles sejam amparados legalmente com direito a pensão, adoção, plano de saúde conjunto, entre outros”, disse.

Tendo em vista que esse direito não é garantido pela Constituição Federal e sim por uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), ele pode ser revogado a qualquer momento com movimentações políticas.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram