Chat da Contraf-CUT: saiba quais são as perguntas mais frequentes

Bancários podem tirar dúvidas diariamente das 9h às 18h

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) disponibilizou em seu site um chat para tirar dúvidas da categoria bancária sobre saúde e condições de trabalho durante a pandemia do Coronavírus. O canal de relacionamento foi criado há dois meses e recebe perguntas diariamente das 9h às 18h, que são respondidas pelos diretores da confederação.

Saiba quais são as perguntas mais frequentes da categoria:

Devido à pandemia, o bancário que está em período de férias compulsórias corre o risco de ser demitido?

A pandemia e os problemas gerados no local de trabalho não são motivos para demissão. No caso de trabalhador do grupo de risco, o banco não deve aceitar o seu retorno ao trabalho. É preciso esperar o término das férias e buscar informação com o gestor sobre como se daria a manutenção do seu afastamento. Caso haja algum problema, procure o sindicato local.

O Santander possui algum protocolo que defina ações em caso de contágio de coronavírus no local de trabalho?

Caso haja um empregado com COVID-19 este deve ser afastado para tratamento bem como os demais colegas que tiveram contato com ele devem ser colocados em quarentena. O local de trabalho deve ser sanitizado. Caso esse protocolo não seja seguido procure o Sindicato.

O bancário que testar positivo para Covid-19 precisa apresentar um atestado médico ou apenas o teste já é suficiente?

É recomendável acompanhamento médico em caso de contaminação de COVID-19. Sendo assim deve pedir um laudo médico para apresentar ao bancos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram