Bradesco dá boas notícias para bancários do CE

Em reunião ocorrida na terça-feira (16) entre o Sindicato dos Bancários do Ceará e representantes do Bradesco, o banco deu respostas positivas às reivindicações do sindicato. As principais questões em debate foram sobre emprego e condições de trabalho. O Bradesco informou que está em processo de contratação de pessoal e de promoções dos seus funcionários.

Empregos
O sindicato apontou que agências estão sufocadas, principalmente aquelas onde ocorreram muitas adesões ao Plano de Desligamento Voluntário Especial (PDVE). No Ceará, 203 bancários aderiram ao PDVE. Em resposta ao sindicato, o banco anunciou que contratou 123 novos funcionários, e que se prepara para contratar outros cerca de 50.

Promoções
Sobre transferências e condições de trabalho, o Seeb/CE reivindicou promoções para os trabalhadores no âmbito comercial e administrativo. O banco informou que 70% dos gerentes gerais foram promovidos no final do ano passado e outras promoções estão acontecendo em todos os níveis nas agências. No entanto alerta, que algumas promoções deixam de acontecer por falta de certificações dos bancários.

Número de agências
O Seeb/CE reivindicou maior atenção às agências do Interior, especialmente as que foram vítimas de explosões, que não oferecem condições de trabalho, nem de atendimento. O Bradesco anunciou que nenhuma agência e nenhum PAA será fechado no Ceará e, ainda, todas as agências explodidas serão reconstruídas e reabertas à população. Na reunião foi citado o caso de Pedra Branca, cujo quadro é reduzido e ainda funciona nas instalações da Prefeitura.

Esse tipo de reunião entre o Seeb/CE e a direção do Bradesco deve continuar acontecendo, ficando um indicativo para uma nova reunião daqui a três meses.

“Os trabalhadores vivem um momento difícil em todo o país. Pelo menos aqui no Ceará, o Bradesco manterá todas as agências e todos PAAs, além de contratar novos funcionários. Isso atende uma parte importante dos interesses dos trabalhadores no nosso estado”, anunciou Carlos Eduardo Bezerra, presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará.

Para Gabriel Rochinha, diretor do sindicato a avaliação da reunião é positiva. “Nós questionamos a situação das agências explodidas no Interior e sobre a nossa preocupação diante do fechamento de outros bancos. O banco disse que todas as agências estão mantidas. E, como já cobramos sobre o caos instalado nas agências, o banco está repondo os postos de trabalho. Queremos é isso, estancar a sangria de fechar postos de trabalho e contratação de mais gente, diante da alta lucratividade do banco”.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram