BB prefere deixar agência fechada a providenciar segurança

Já faz mais de uma semana que o Sindicato fechou a unidade da rua Carijós, em Santo André, que não tem sequer um vigilante, e o banco não se posicionou até agora

A agência do Banco do Brasil da rua Carijós, em Santo André, foi fechada por falta de condições de trabalho no último dia 26. Um dos graves problemas ali é a falta de segurança, porque não há nenhum vigilante. E, além disso, o local tem poucos funcionários, sobrecarregando de trabalho os bancários e prejudicando o atendimento a clientes e usuários.

Por isso o sindicato decidiu fechar a unidade, cobrando providências imediatas do banco para a reabertura. Só que até agora o Banco do Brasil não deu resposta, num completo descaso com seus trabalhadores(que foram alocados em outra agência) e também com a população, que depende da unidade para fazer suas transações bancárias.

“O BB é um banco público, que tem compromisso com o desenvolvimento da sociedade brasileira e da comunidade local. Mas nos últimos meses vem fechando agências em várias cidades, inclusive na nossa região. É uma tentativa de piorar os serviços,d e desmontar o banco, com o objetivo de privatizar”, afirma o diretor sindical Otoni Lima.

O sindicato exige providências imediatas para que a agência seja reaberta.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram