Base de Londrina está com 120 unidades paralisadas

Empenhados em conseguir uma proposta que se aproxime da Minuta de Reivindicações da Campanha Nacional Unificada 2016, 1.956 bancários e bancárias que atuam na base territorial do Sindicato de Londrina estão com suas atividades paralisadas em 116 agências e quatro PABs (Postos de Atendimento Bancário) neste 23º dia de greve.

A presidenta do Sindicato dos Bancários de Londrina, Regiane Portieri, avalia que a insatisfação é geral pela demora dos bancos em retomar as negociações, bem como pela falta de avanços após oito rodadas com o Comando Nacional dos Bancários. “Entregamos as reivindicações no início de agosto e estamos há mais de três semanas com os braços cruzados, mesmo assim, a cada reunião eles pedem mais tempo para se posicionar. Se têm intenção de estabelecer um novo modelo de acordo, porque não colocaram isso na mesa lá no início, ao invés de jogar a categoria para a greve com uma proposta de reajuste abaixo da inflação”, argumentou Regiane.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram