Banco da Amazônia chama Sindicato para conciliação

Banco da Amazônia manifestou interesse em conciliar nas ações individuais de incorporação de função

Na manhã da última quinta-feira (31), dirigentes do Sindicato dos Bancários do Pará, acompanhados da assessoria jurídica, estiveram reunidos com o Banco da Amazônia para falarem sobre uma possível proposta de conciliação das ações individuais de execução, especialmente as ações de 15 minutos e de 7ª e 8ª horas extras.

Além destas o Banco da Amazônia manifestou interesse em conciliar nas ações individuais de incorporação de função. “O banco nos chamou, após reivindicações nossas em várias mesas de negociação. Esse primeiro encontro foi para nos informar sobre o surgimento dessa possível conciliação. Pedimos que o banco nos envie uma proposta formal com os parâmetros e metodologia para que possamos analisar de forma minuciosa com nossa assessoria jurídica, para que todo bancário e bancária seja beneficiado”, destaca o presidente do Seeb Pará, Gilmar Santos.

As ações individuais de execução são decorrentes de ações civis públicas ajuizadas pelo Sindicato. “Hoje foi nossa primeira reunião e todo o passo a passo desse processo será informado ao funcionalismo do Banco da Amazônia através do site do Sindicato, pois pretendemos uma conciliação que contemple os nossos colegas”, afirma o diretor do sindicato e empregado do banco, Sérgio Trindade.

Fonte: Bancários PA

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram