Bancários paralisam Banco do Brasil em Santos contra assédio moral

Bancários que trabalham na agência denunciam ameaças e pressão por metas

Os bancários paralisaram nesta sexta-feira (8), das 8 às 12h00, a unidade do Banco do Brasil na avenida Epitácio Pessoa, na cidade de Santos, contra a prática de assédio moral na agência.

“A paralisação foi apenas um aviso para o Superintendente da Alta Renda Leste, Nilberto e alguns gerentes, que estão fazendo cobranças de forma absurda por metas”, explica Eneida Koury, secretária-geral do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

Conforme denúncias de assédio moral, Nilberto faz pressão nos gerentes gerais, que por sua vez cobram de forma ameaçadora os subordinados por metas, transformando o ambiente de trabalho insuportável, com humilhações e ameaças de cortes de dotação, caso as metas não sejam alcançadas.

Ainda segundo os funcionários, durante a jornada recebem mensagens ameaçadoras no celular e divulgação de rankings.

“Esta prática vem estressando e adoecendo os bancários. Tomaremos as medidas jurídicas e políticas cabíveis”, afirma Marcia Peres, funcionária do BB e diretora do Sindicato.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram