Bancários do Paraná se mobilizam contra reforma da Previdência

Comitê em Defesa da Aposentadoria orienta população paranaense e recolhe nas ruas assinaturas contra a Reforma da Previdência
Comitê em Defesa da Aposentadoria orienta população paranaense e recolhe nas ruas assinaturas contra a Reforma da Previdência
Bancários recolhem assinaturas contra a reforma da Previdência em Umuarama-PR. Foto: Fetec-CUT/PR

Bancários de diversas cidades do Paraná, juntamente com outras categorias, realizaram, na quinta-feira (18/4), o Dia Estadual em Defesa da Aposentadoria, contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019.

Diálogo com a população nas ruas, recolhimento de assinaturas em abaixo-assinado contra a reforma da Previdência e a distribuição de cartilha elaborada pelas centrais sindicais para explicar as perdas para os trabalhadores se a PEC for aprovada foram algumas das ações realizadas no dia.

“Estamos nas ruas todos os dias esclarecendo as dúvidas da população em uma barraca permanente do Comitê em Curitiba. Acreditamos que somente com a população pressionando os deputados que votam as reformas é que ela pode ser derrubada”, afirmou Marisa Stedile, diretora da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT-PR).

As atividades de rua também mobilizam bancários nas bases dos sindicatos de Umuarama, Cornélio Procópio, Campo Mourão, Guarapuava, Apucarana, Londrina e trabalhadores construção civil, professores, jornalistas, petroleiros e do saneamento.

Abaixo-assinado

As assinaturas contra a reforma da Previdência recolhidas nas barracas e atividades de mobilização serão entregue aos deputados federais do Paraná, em Brasília. Eles são os responsáveis por decidir a manutenção do direito dos trabalhadores se aposentarem.

Fonte: Contraf-CUT, com Fetec-CUT/PR

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram