Bancários de Campos promovem ato pelo Dia da Mulher

Avançar nas conquistas e seguir na luta por respeito e igualdade. Neste Dia Internacional da Mulher as bancárias e bancários de Campos dos Goytacazes e Região (RJ) promoveram um ato público no Centro da cidade para homenagear as mulheres e mais uma vez denunciar a agenda de retrocesso do governo Temer, que insiste na retirada de direitos da classe trabalhadora.

A atividade começou de manhã, com passeata da sede do Sindicato em direção ao calçadão, onde os dirigentes, em suas falas, reforçaram a importância da mobilização permanente em resposta ao golpe.

A diretora para Questões da Mulher da Fetraf RJ/ES, Iracini Soares da Veiga, destacou a necessidade do engajamento. "Quando uma mulher sabe o que quer não há pedra no caminho que a faça desistir. Nossa luta é permanente. E este momento difícil de retrocesso é também um momento intenso para o movimento sindical e os movimentos sociais, que estão ocupando as ruas, as redes sociais e todos os espaços públicos para dizerem que não abrem mão de nenhum direito", afirmou.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram