Bancários de Campos dos Goytacazes fazem ato contra a reforma da Previdência

Atividade faz parte do Dia Nacional de Mobilização

Nesta sexta-feira, 12, Dia de Mobilização Nacional contra a reforma da Previdência, o Sindicato dos Bancários de Campos dos Goytacazes e Região (RJ) realizou o enterro simbólico da Previdência pública e da aposentadoria. O caixão percorreu as principais ruas do centro financeiro da cidade em um protesto que terminou com ato público no calçadão. No caminho, os manifestantes pararam em frente à agência central do INSS. Participaram da atividade representantes da Uenf e dos servidores da Faetec.

O Sindicato tem percorrido a base desde que o governo encaminhou a proposta ao Congresso Nacional para denunciar a injustiça da reforma, que penaliza somente os mais pobres, e para mostrar a importância da luta a fim de impedir que seja aprovada.

“Estão mentindo para a classe trabalhadora, dizendo que esta reforma vai cortar privilégios e fazer o país crescer. Mentiram também quando disseram que a reforma trabalhista, aprovada no governo Temer, geraria mais empregos. Mas o que vimos desde então foi só o agravamento da crise e agora, se esta reforma passar, será ainda pior”, alertou o secretário de Finanças do Sindicato, Felipe Alvim Cabral.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram