Bancários de Belo Horizonte realizam ato em defesa dos direitos da categoria e denuncia abusos dos bancos

O Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte foi às ruas nesta quarta-feira (18), para defender os direitos da categoria bancária, cobrar que os bancos atendam às reivindicações da Campanha Nacional 2018 e denunciar os abusos dos bancos. O ato foi realizado em frente à agência do Bradesco localizada na rua da Bahia, 951, no centro de Belo Horizonte.

Durante o ato, foi distribuída aos bancários a última edição do jornal do Sindicato, que trata das últimas negociações e dos calendários acordados com os bancos, além de um Jornal do Cliente que foi entregue à população, com informações sobre tarifas e juros abusivos, demissões e falta de segurança nas unidades de trabalho.

Bancárias e bancários se mobilizam para pressionar os bancos a respeitar, nas mesas de negociação, as conquistas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). O ato ocorreu na véspera da terceira rodada de negociação com a Fenaban, que será realizada nesta quinta-feira, 19, em São Paulo, e terá como pauta os temas ligados à saúde e às condições de trabalho.

Reivindicações

A pauta de reivindicações para a Campanha Nacional 2018 foi elaborada durante a 20ª Conferência Nacional dos Bancários.

Além do reajuste composto pela reposição da inflação mais aumento real de 5%, a categoria reivindica a garantia da vigência da CCT até que as partes firmem um novo contrato coletivo, assegurando a ultratividade que foi extinta com a reforma trabalhista.

Os trabalhadores cobram, também, que a Convenção Coletiva seja válida para todos os bancários, independentemente do nível de escolaridade ou da faixa salarial.

A minuta ainda reivindica: garantia do emprego com a vedação das demissões em massa e da rotatividade, vedação dos acordos individuais de banco de horas, manutenção das homologações nos sindicatos e que a implantação de novas formas de jornada de trabalho previstas na reforma trabalhista só possa ocorrer por meio de acordo coletivo de trabalho.

Outras importantes bandeiras da Campanha Nacional 2018 são a defesa dos bancos públicos – contra o desmonte e a privatização – e a defesa da democracia, com a eleição de candidatos que estejam comprometidos com a pauta da classe trabalhadora.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram